• foto de perfil Vá-de-Viró

    Vá-de-Viró

    4 anos, 1 mês atrás
    Significado do termo “Vá- de- Aderido ”- Frase com que se dá ordem para fazer virar o barco (em Gonçalves, Eduardo Brazão – Dicionário de termos algarvios) onde , Expressão usada pelos pescadores algarvios para fazerem parar o barco quando está a varar (em Simões, Guilherme Augusto – Dicionário de Expressões Populares Portuguesas).

    Vá-de-Viró

Vá-de-Viró

O grupo Vá-de-Viró é formado por 10 elementos. Tem em comum o grande gosto pela música de raiz popular e vivência tradicional e étnica.
Foi fundado em Abril de 1992 por sugestão de um grupo de alunos do Conservatório Regional do Algarve, contanto com a direção musical e artística do prof. Paulo Cunha.
Ensaia na sede da Associação Cultural Música XXI, em Faro, do qual é associado.
Realizado vários concertos em Portugal, bem como no Canadá, Alemanha e Espanha. Gravou um CD "Parada em Portugal" em agosto de 1994 para uma editora francesa PlayaSound, o qual continua a ser vendido em quase todo o mundo e mereceu críticas positivas da parte da imprensa especializada.
Em maio de 1998 editou o seu segundo trabalho discográfico intitulado "Vivências", com 14 temas tradicionais de Portugal continental, a maioria dos quais inéditos em termos de gravação. Foi um disco dedicado à memória do músico e amigo Henrique Guerreiro, que participou com o seu acordeão nas gravações, tendo posteriormente falecido.
Como os portugueses se aventuraram pelo mundo, também os Vá-de-Viró quiseram tocar outras músicas e outras influências. Em 2000 editam o seu 3º CD já como um grupo de música étnica, embora mantendo a tradicional inspiração portuguesa.
Voltam às gravações em 2014, tendo editado através da Música XXI o cd "Por aí...", onde letras e músicas de vários elementos do grupo se misturam com temas tradicionais recriados pelo grupo.
É um grupo maioritária e essencialmente acústico, ligando instrumentos ditos clássicos com instrumentos de raiz tradicional. Entre os seus principais objetivos estão a criação e a divulgação da atual música composta sobre influência e inspiração étnica. Aposta também na ligação entre diferentes gerações através de uma linguagem comum - a música de qualidade.
Atualmente, integram este coletivo musical os seguintes elementos: Adriano St. Aubyn, Andre Lopes, Aníbal Madeira, Cláudia Matias, Gonçalo Pescada, Igor Arrais, Jorge Semião, Patrícia Martins, Paulo Girão e Paulo Cunha.
Equilíbrio usuário 9 / Pontos

Media

Amigos

Posts recentes

Topo