gemeente Olhao

Letrista
60%
Compositor
70%
Técnico de estudio |
90%
Músico
90%
No dia em que eu nasci
FERNANDO GUERREIRO 2007-05-06

Na rua de Vila Lobos
Eu nasci em Portimão
Numa casa que ficava
Bem pertinho da estação

Era um primeiro andar
De uma casinha singela
Que ficava numa esquina
Pintada de amarela

No meio do mês que haveria
De nascer a liberdade
Nasci eu era domingo
Estava chuva, tempestade

Havia ramos nas mãos
Das pessoas que passavam
E havia forasteiros
De vermelho, que gritavam

No século vinte nasci
Eram três horas da tarde
Faltava uma dúzia de anos
Para chegar a liberdade


Foi no mês que eu nasci
Que nasceu a liberdade
Por isso eu vou morrer livre
Não sei viver enjaulado

gemeente Olhao

Gepostet von Rui Coelho am Samstag, 29. Februar 2020

Nem Truz Nem Muz com o Wesley Same no centro cultural de Lagos

Fernando Guerreiro

Fundador do Grupo

Gebruikerssaldo 134 / Punten

Media

Vrienden

Profielfoto
lichtorkest van meren
@orquestraligeiralagos
Profielfoto
Menu
@diegowong22
Profielfoto
Jonkvrouw Vissen Alvor
@alvorfishingdonzela
Profielfoto
Go-van-Viró
@va draaien
Profielfoto
Ondina Santos
@ondina

Groepen

recente berichten

Bovenkant